05 março 2015

DANDO OUVIDOS A MAUS CONSELHOS E CONSELHEIROS



O rei Roboão foi sucessor de seu pai Salomão no trono de Israel. O país havia sido governado por seu avô Davi e por seu pai, que construiu o templo e ampliou os termos de Israel e o fez prosperar como nunca. Só pra se ter uma ideia o povo prosperou tanto que a prata chegou a valer o mesmo que pedras, ou seja, "nada". O país era uma potencia e agora estava sob a liderança de um jovem rei. O povo faz um pedido a Roboão para que este faça uma reforma tributária e alivie um pouco as altas taxas de contribuição impostas por seu pai e o rei vai pedir conselho aos seus ministros. Os anciãos disseram o seguinte:
-Se o rei ouvir o povo e aliviar a carga dele, este povo te servirá para sempre e com fidelidade. 
                 Mas o rei falou com os jovens que cresceram junto com ele e que não sabiam muito a respeito de reinado, administração e coisas assim, esses lhe disseram:
- Imponha respeito a essa gente. Diga a eles que seu dedo mínimo é mais lardo que as costas de seu pai; meu pai vos açoitou com chicote e eu vou açoitar-vos com escorpiões.
Isso encheu o coração do rei e assim ele fez e assim o Reino de Israel foi dividido, se tornando vulnerável. Nada é mais prudente que ouvir conselhos de pessoas experientes. Quem despreza um conselho sábio, pode colher frutos amargos em sua caminhada. Desprezar os anciãos foi a derrocada daquele rei.

                Bem assim acontece hoje a muitos líderes que desprezam os mais "velhos e experientes" no engodo de produzir uma geração nova ou renovada. 
               A experiencia ainda é algo exigido no mundo atual. Desprezar os conselhos dos mais velhos e se pegar a pessoas sem experiencias pode levar o líder ao fracasso e a derrota. 
              Muitos líderes atuais tem na verdade medo de outros tomarem o seu lugar e quando se deparam com pessoas experientes e capazes, partem para um caminho que pode não ter mais volta. Liderar é acima de tudo ser prudente e isso está em falta nos dias de hoje. Muitos líderes isolam, rejeitam, colocam de lado obreiros mais velhos, fecham-lhes a porta, não os ouvem, muito menos os horam e na maioria das vezes por medo de perderem seus STATUS de presidente, líder, ou coisa assim.

           Dentro das igrejas, infelizmente isso ocorre e tem ocorrido muito e quem perde é a obra de Deus. Obreiros jovens, devem ser ensinados a horarem e aprenderem com os mais velhos, pelo menos é o que a Bíblia ensina, mas a teimosia de muitos líderes INSEGUROS, IMATUROS, tem mudado o sentido bíblico e tem se dado mau no exercício de seu ministério. 
Nem sempre os jovens estão com a razão. Por mais que eles possam ter um futuro brilhante na obra de Deus, a EXPERIENCIA DOS MAIS VELHOS podem fazer a diferença entre o FRACASSO E O SUCESSO.
E pra finalizar, nenhum jovem, ou iniciante em um ministério fez algo para posteridade e sim encontraram tudo PRONTO, os jovens podem terem visto o crescimento de uma igreja, mas quem TRABALHOU foram os mais velhos. 
Um dia vai chegar a hora da renovação NATURALMENTE, num ciclo da vida, tanto ESPIRITUAL como HUMANO.


Em Cristo 
Pr Ivair J. Lehm

PESSOAS QUE ME SEGUEM

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

NOTÍCIAS CRISTÃS

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM: