30 novembro 2014

NÃO PERMITA NINGUÉM IMPOR LIMITES A VOCÊ !!!

          
Havia numa cidade um homem retardado que fazia os outros darem risada todas as tardes. Todas as tardes os homens se reuniam no bar e mostravam ao retardo duas moedas uma menor de $ 5,00 libras e uma maior de $1,00 libra. Ele escolhia a maior e de menor valor todas as vezes e isso era causa da gargalhada de todos. Um dia um senhor intrigado com aquela cena todas as tardes perguntou ao retardado: Você não sabe que a maior é menos valiosa ? e o "idiota" respondeu: Eu sei que é de menor valor, mas o dia que eu escolher a moeda menor de mais valor, a brincadeira acaba e eu perco minha fonte de renda diária." Essa história ilustra bem o que acontece com quem se acha superior aos outros, ou quem menospreza o outro por sua situação financeira ou mesmo quem menospreza a capacidade mental das pessoas.

              Conta-nos a história que Albert Eistein, foi diagnosticado mentalmente incapaz de ser normal e frequentar uma escola regular com as outras crianças de sua idade. O médico que assim o diagnosticou ficaria decepcionado consigo mesmo se tivesse visto quem se tornou aquele garoto.

                Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, foi dispensado por vários clubes; Mané Garrincha foi até zombado por suas pernas tortas e visto como incapaz de jogar futebol; Leonardo Da Vinci foi considerado atrasado e esquisito por pessoas de seu tempo, e tantos outros que poderíamos citar aqui.

              As pessoas podem ver o que você é por fora, mas só Deus sabe quem você é na essência interior. Ninguém pode conhecer o seu potencial a não ser você mesmo. Você sabe do que é capaz, você é dotado de uma inteligência única, dada por Deus para fazer a diferença no mundo.

          Quando Deus escolheu Davi, Ele conhecia a sua vida, seu passado, seu presente e seu futuro. Deus o escolheu porque viu nele, o que ninguém via. As pessoas não o viam lá no campo pastoreando ovelhas, mas Deus estava vendo e atento a sua capacidade e coração. Deus estava treinando Davi para pastorear o seu povo. Humanamente falando, faltava a Davi todas as qualidades para ser um Rei. Humanamente falando, ninguém apostaria em Davi contra Golias, se houvesse bolsa de aposta naquela época, provavelmente um ou dois apostadores teriam ficado milionários.

         As pessoas tendem a nos medir nos níveis que conhecem Mas não vivemos nos níveis normais de outra pessoa. Cada um de nós tem de Deus um dom, como disse o apóstolo Paulo, e andamos em níveis diferentes. Nossas histórias podem ser parecidas, mas nunca terão o mesmo enredo. Quem te julga incapaz, te julga de acordo com o nível que vive, que conhece. Por isso ninguém pode julgar o outro. 

          As pessoas tentam nos impor limites, porque não conseguem alcançar seus objetivos e querem que nós também não alcancemos. As pessoas não vencem e querem que nós nos tornemos derrotados como eles. As pessoas que tentam nos parar, são aquelas que não conseguiram seguir em frente.

Mas você vai seguir em frente e vai alcançar seu objetivo em nome de Jesus !!

Em Cristo,
Pr Ivair J Lehm

28 novembro 2014

COISAS QUE A BÍBLIA JAMAIS ENSINOU MAS OS HOMENS ENSINAM POR AÍ !!!

Antes de iniciar, quero deixar claro, como sempre, que não me refiro a ninguém em especial, mas sim a uma prática que está disseminada e ganhando cada vez mais espaço da verdade de Deus nas igrejas e em muitos corações desavisados.

Sugiro que leiam o livro do Pastor Ciro Sanches Zibordi que você aprenderá muito mais, eu li e gostei demais: "ERROS QUE OS PREGADORES DEVEM EVITAR" você aprenderá muito mais e entenderá muito melhor.

Aqui quero destacar algumas coisas que viraram chavões no meio evangélico pentecostal e principalmente no meio neo-pentecostal:


"EU ´PROFETIZO´sobre a tua vida, eu profetizo uma semana de vitórias em sua vida" - em lugar algum na Bíblia temos este ensino falacioso e herético. Nem Jesus, nem os apóstolos, nem os pais da igreja. Embora esta seja uma forma de desejar um bom dia, uma boa semana, paz e alegria na vida de alguém, este termo trás um ar de espiritualidade na saudação e torna quem diz um tanto mais espiritual e cheio da unção. Pelo menos é apenas isso que acontece, pois ninguém está autorizado por Deus a profetizar algo na vida de ninguém em seu Nome. Profetizar, no sentido aqui explanado é dizer que apenas coisas boas irão acontecer, mas e se a pessoa que recebe tal coisa morrer naquela semana, o que diremos que foi profecia de Deus, pois o crente está nos céus ?

"EU 'DETERMINO' em nome de Jesus" - nem os apóstolos mais chegados de Jesus usaram deste artifício. Jesus ensinou a "pedir, pedir e dar-se-vos-á ". Jesus ensinou a orar sempre e nunca desanimar em Lucas 18 e a pedir algo ao Pai em nome Dele (Jesus). Nunca tivemos ensino bíblico sobre a determinação, pois assim estaríamos ordenando e direcionando a Deus o que ele DEVE fazer. A oração do monte diz assim: "...venha o teu reino, seja feita  tua vontade, na terra como nos céus..." . Acontece que orar assim e dizer 'eu determino' passar um ar de alguém que tem uma fé acima da média e trás um status de alguém muito próximo de Deus, alguém muito chegado a Ele, como que tivesse uma procuração Dele para determinar, fazer, proceder, outorgar alguma coisa....

"RECEBA" (cura, bençãos, prosperidade, unção) -  OUTRO termo e prática que não se encontra nos escritos Bíblicos. Eu nunca poderei dar aquilo que não tenho. Quando alguém diz 'receba' é porque ele possui, ou tem aquilo que diz estar dando. Como alguém que paga aluguel, pode dizer a outro:"receba a chave desta casa em nome de Jesus", ou alguém que tem uma carro com quase 20 anos de uso (como o meu), dizer "receba a chave deste carro zero que desce do céu" ??? Como alguém pode dizer "receba unção e as pessoas caírem no chão, supostamente possuídos por uma unção tremenda, dobrada e o 'cara' que libera a unção permanece firme de pé" ??
Dizer 'receba' dá um ar de pregador espiritual capaz de prover aquilo que falta ao povo !!!

"EU libero uma palavra profética" - CUMA ??? Nestes termos, ou seja, por mais que argumentem, que se trata de uma expressão, contudo muito crentes se apegam a isso esperando que se cumpra exatamente o que o LIBERADOR liberou !!! Em termos espirituais, só quem pode liberar uma palavra profética é Deus e Ele já liberou !!
Veja bem amado irmão: palavra profética aponta para algo que vai se cumprir. Pois bem. Sendo assim, só quem pode liberar essa palavra profética é Deus, pois Ele pode profetizar "INFALIVELMENTE". Por exemplo, Deus liberou uma palavra profética sobre a igreja, no caso do arrebatamento. esta palavra vai se cumprir, pois foi Deus quem falou.  Outro exemplo é quando Jesus disse que: " as portas do inferno não prevalecerão" (contra a igreja) esta palavra profética se cumpre literalmente ao longo dos séculos.

Quando alguém usa este termo, quer passar a igreja, aos ouvintes, um ar de alguém autorizado a mudar rumos, situações, destinos...na verdade é para apenas espiritualizar um desejo de alguém....

Penso que seria bem melhor se as pessoas deixassem de enganar os outros com expressões e usassem o vocabulário normal: eu desejo uma semana de vitória, eu desejo que sua vida mude, eu vou orar para que Deus faça a vontade Dele nesta causa, que te dê a vitória nesse teu problema...e assim por diante.

Nunca usei estes termos em meu ministério, talvez seja por isso que nunca fui tão bem quisto em alguns lugares, pois nunca profetizei o que Deus não mandou e nunca prometi a ninguém o que não deveria...

Agora você que está lendo esta postagem, fique a vontade para discordar e se você já recebeu algo desta maneira, se você já viu acontecer algo assim na vida de alguém, por favor relate, pois em 23 anos de evangelho, desde que estes costumes começaram no seio da igreja, nunca vi nada disso acontecer, nem a mim e nem aos outros ! Talvez seja falta de fé da minha parte, mas realmente nunca vi acontecer com ninguém...fico com o que diz a Bíblia: "orai sem cessar" 1ª Tess 5:17

Em Cristo,
Pr Ivair J. Lehm

23 novembro 2014

AINDA RESTAM 7000 FIÉIS !!!

               
           Conta-nos a Bíblia sobre vários homens que fizeram grandes proezas e desfrutaram de grandes milagres de Deus. Homens que fizeram o sol parar, abriram o mar, rios, cerraram os céus, ressuscitaram mortos e outros grandes feitos. Homens e também mulheres que tiveram atitudes que transformaram pelo exemplo outras pessoas. E até uma adolescente que ajudou na cura de um grande general do exército do rei da Síria.
                    
                Homens que transformaram suas épocas, sociedades, culturas e motivaram outros tantos a uma mudança de vida. Pessoas que estavam acima da média de seu tempo, pessoas comuns, mas que habitavam um nível diferente dos demais e porque não dizer acima do comum. Histórias tão fantásticas que muitos nem acreditam e outros aceitam por fé Naquele que inspirou essas pessoas.

          Recentemente lendo a biografia de alguns pregadores notei algo muito peculiar e parecido em todos eles. 

Lendo sobre Spurgeon, o Príncipe do Pregadores, como ficou conhecido este pastor inglês, pude perceber seu amor, zelo e devoção a Palavra de Deus acima de tudo. Ele pregava sermões com base unicamente bíblica. 
Johnatan Edwards praticava uma vida tão santa e piedosa que servia de exemplo aos cidadãos de seu tempo. Amava tanto a exposição da Bíblia, que num de seus sermões intitulado "Pecadores nas mãos de um Deus irado", causou impacto tão profundo nos ouvintes que estes começaram a gritar e chorar dentro da igreja.
D.W.Moddy um sapateiro de Chicago, tinha um compromisso tão grande com Deus e sua Palavra que dizem, ganhou mais de um milhão de almas durante seu ministério em vários lugares e países onde pregou a Palavra de Deus.
Daniel Berg missionário sueco e fundador da Assembleia de Deus no Brasil, percorreu a pé e sozinho, milhares de quilômetros mata a dentro na região amazônica, levando a mensagem de Jesus. Dizem os historiadores que a mensagem destes homens, era Cristocêntrica, ou seja, Cristo era o centro da mensagem de cada um deles e de outros tantos....

                 Vivemos um tempo de "cristianização" das pessoas e não "evangelização". A muito tempo, em muitos lugares a Palavra de Deus foi deixada de lado e o centro da mensagem foi esquecido por muitos. Vejamos alguns exemplos:

- Culto dos Empresários; Congresso dos Conquistadores; Batismo da Prosperidade; Fogueira Santa; Jejum das Causas Impossíveis; Encontro dos Vencedores; Culto do Impossível; Campanha do Ano da Fartura; etc... Não que eu seja um daqueles que só veem defeito em tudo, ou que seja um crítico voraz, mas fico pensando o que diriam esses homens que mencionei acima, se pudessem ver o que fazem hoje com o Evangelho. Poucos lembram-se que vamos a igreja não para RECEBER apenas, mas para ADORAR o nome Daquele que vive para todo sempre.
              Existem mais fórmulas para ter sucesso na vida financeira, que chamamento a Adorar Jesus em qualquer que seja a circunstância.
              Louvo a Deus, pois congrego numa igreja onde o Evangelho de Jesus ainda é pregado em sua Plenitude.

Verdade seja dita: ainda restam 7000 que não se dobraram a baal...

Em Cristo,
Pr Ivair J. Lehm           

20 novembro 2014

ATÉ ONDE VAI O PERDÃO DE DEUS ?

             EXISTE um termo no ramo da teologia que é o antropomorfismo que de uma forma bem simples "significa atribuir a Deus sentimentos humanos". Isso é o que podemos ver em algumas passagens na Bíblia, por exemplo, quando se diz que "Deus se arrependeu de ter feito o homem" Gênesis 6:6
          Se pegarmos ao pé da letra, ou seja fora do contexto, poderemos dizer que Deus odeia, detesta, abomina o ser humano. Basta porém lermos mais alguns capítulos e veremos que Deus busca uma comunhão com o homem caído no pecado

             Conta-nos uma passagem em Lucas 7:36-50, sobre uma mulher que entra na casa de um fariseu chamado Simão sem ser convidada e se ajoelha aos pés de Jesus, lavando-os com suas lágrimas, beijando-os, enxugando-os com os cabelos e esta mulher era uma mulher de má reputação na cidade, tanto que o fariseu ficou pensando que se Jesus fosse profeta bem saberia "qual e quem era aquela mulher".
               O Senhor então lhe diz sobre a sua má recepção comparando com a atitude daquela mulher. Um fariseu que se julgava tão santo, digamos, perde "ponto" para uma pecadora. Esta mulher que tinha muitos pecados é perdoada e sai dali com uma nova vida diante de Deus e do mundo.

               Perdoar nunca foi uma tarefa fácil para ninguém. Por mais santos e justos que possamos ser, a prática do perdão em nosso meio, ainda soa antiquado para muitos cristãos. Perdoar não é esquecer ! Perdoar não é "colocar uma pedra em cima" do assunto. Perdoa é tornar alguém livre.

Quando alguém pede "desculpas" a outrem, ela pede para que a parte tire sua culpa. Quando alguém pede perdão a outrem é como se ela pedisse para ser aceita com suas imperfeições. Quem se desculpa apenas se livra de um peso momentâneo sem ficar livre. Quem pede perdão deseja ser aceito como realmente é e por conseguinte quer ser liberto do erro. Quem se desculpa reconhece o erro que praticou, quem pede perdão reconhece o mau que causou.
       
               Quem apenas se desculpa não se humilha e nem se sente no lugar do outro, mas quem pede perdão, se coloca no lugar do outro e reconhece a dor causada por seu erro. 
                O Senhor Deus, vai além do perdão ao ser humano. Alguém desprovido do verdadeiro amor, pode perdoar apenas, mas Deus através de Jesus além de perdoar, gera uma nova vida dando uma nova chance a cada dia a pessoa. O Senhor não perdoa apenas no momento da dor, mas ainda transforma a vida arrependida numa vida regenerada, renovada, reavivada, para sua própria glória.

                Como o nosso pecado feriu o coração de Deus podemos ver somente na cruz de Cristo, quando Ele ali oferece seu próprio Filho por nós e ali também vemos até onde vai o perdão de Deus que nem mesmo seu próprio Filho poupou por amor de todos nós.

Creia que Deus é aquele que te perdoou e continua te perdoando, todos os dias....

Em Cristo,
Pr Ivair J Lehm

16 novembro 2014

NÃO EXISTE "LIVRE ARBÍTRIO" - por Martinho Lutero (1483-1546)

Aqueles que pregam o "livre arbítrio" afirmam que se não há "livre arbítrio", então também não há lugar para o mérito ou para a recompensa.


O que dirão os defensores do "livre arbítrio" a respeito da palavra "gratuitamente", em Romanos 3.24? Paulo diz que os crentes são "justificados gratuitamente, por sua graça". Como interpretam "por sua graça"? Se a salvação é gratuita e oferecida pela graça divina, então não se pode conquistá-la ou merecê-la. No entanto, Erasmo argumenta que a pessoa deve ser capaz de fazer alguma coisa a fim de merecer a sua salvação, ou ela não merecerá ser salva. Erasmo pensa que a razão pela qual Deus justifica uma pessoa e não outra, é que uma delas usou de seu "livre arbítrio", e tentou tornar-se justa, enquanto que a outra não o fez. Ora, isso transforma Deus em alguém que diferencia pessoas, ao passo que a Bíblia ensina que Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34). Erasmo e algumas outras pessoas, como ele, admitem que os homens conseguem fazer muito pouco, através de seu "livre arbítrio", para obterem a salvação. Afirmam que o "livre arbítrio" tem apenas um pouco de merecimento - não é digno de muita recompensa. E, não obstante, ainda pensam que o "livre arbítrio" torna possível às pessoas tentarem encontrar a Deus. Imaginam, igualmente, que se as pessoas não tentam encontrá-Lo, cabe exclusivamente a elas a culpa, se não recebem a graça divina.

Portanto, sem importar se esse "livre arbítrio" tem grande ou pequeno mérito, o resultado é o mesmo. A graça de Deus seria obtida por meio do "livre arbítrio". Todavia, Paulo nega toda noção de mérito quando afirma que somos justificados "gratuitamente". Aqueles que dizem que o "livre arbítrio" possui apenas um pequeno mérito, erram tanto como aqueles que dizem que ele possui muito mérito, pois ambos ensinam que o "livre arbítrio" tem mérito suficiente para obter o favor de Deus. Portanto, em quase nada diferem um do outro.

Na verdade esses defensores da ideia do "livre arbítrio" nos dão um perfeito exemplo do que significa "saltar da frigideira para dentro do fogo". Quando dizem que o "livre arbítrio" tem apenas um pequeno mérito, pioram a sua posição, ao invés de melhorá-la. Pelo menos aqueles que dizem que o "livre arbítrio" envolve uma grande mérito (os chamamos de "pelagianos") conferem um elevado preço à graça divina, porquanto concebem que um grande mérito é necessário para alguém obter a salvação. Todavia, Erasmo barateia a graça divina, dizendo ser possível obtê-la por meio de um débil esforço. No entanto, Paulo transforma em nada essas duas ideias usando apenas uma palavra - "gratuitamente" (Rm 3.24). Mais adiante, em Romanos 11.6, ele declara que a nossa aceitação diante de Deus depende apenas da graça de Deus: "E, se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça". O ensino paulino é perfeitamente claro. Não existe tal coisa como mérito humano aos olhos de Deus, sem importar se esse mérito é grande ou pequeno. Ninguém merece ser salvo. Ninguém pode ser salvo através das obras. Paulo exclui todas as supostas obras do "livre arbítrio", estabelecendo em seu lugar apenas a graça divina. Não podemos atribuir a nós mesmos a menor parcela de crédito para nossa salvação; ela depende inteiramente da graça divina.

- por Martinho Lutero (1483-1546)

Em Cristo,
Pr Ivair J. Lehm

14 novembro 2014

JACOB ARMÍNIO EXPLICANDO SOBRE O LIVRE ARBÍTRIO !!


Agora deixemos que James Arminius (1560-1609), o pai dos arminianos, fale sobre livre arbítrio do ímpio, em questões espirituais:



"Neste estado caído, o livre arbítrio do homem para o verdadeiro bem não é apenas ferido, mutilado, doente, dobrado, e enfraquecido, MAS ELE ESTÁ TAMBÉM PRESO, DESTRUÍDO, E PERDIDO. E OS SEUS PODERES NÃO SÃO APENAS DEBILITADOS E INÚTEIS a menos que seja assistido pela graça, MAS NENHUM PODER TEM exceto for animado pela graça divina"(Works of James Arminius, Volume II, 192-193).

"A mente do homem, neste estado, é escuro, DESTITUÍDA DO CONHECIMENTO SALVÍFICO DE DEUS, E, DE ACORDO COM O APÓSTOLO, INCAPAZ DESSAS COISAS QUE PERTENCEM AO ESPÍRITO DE DEUS . . . Por causa desta escuridão da mente acontece a perversidade dos Afetos e do coração , de formas que ele odeia e tem uma aversão ao que é verdadeiramente bom e agradável a Deus, mas ama e segue o que é mau. . . . Exatamente correspondente a esta escuridão da mente, e na perversidade do Coração, é a fraqueza absoluta de todos os poderes para praticar o que é verdadeiramente bom, e omitir a prática de que é mal, de um modo devido"(Works of James Arminius; Volume II, 192-193).

"Esta é a minha opinião sobre o livre-arbítrio do homem: Em sua condição primitiva como ele saiu das mãos de seu criador, o homem foi dotado de uma parte como de santidade, conhecimento e poder, como lhe permitiu compreender, estimar, considerar, desejar, e para realizar o verdadeiro bem, de acordo com o mandamento entregue a ele. No entanto, nenhum desses atos que ele poderia fazer, a não ser através da assistência da Graça Divina. MAS EM SEU ESTADO CAÍDO E PECAMINOSO, O HOMEM NÃO É CAPAZ, DE E POR SI MESMO, A, PENSAR, DESEJAR, OU A FAZER O QUE É REALMENTE BOM, mas é necessário que ele seja regenerado e renovado em seu intelecto, afeições ou vontade, e em todos os seus poderes, por Deus em Cristo, através do Espírito Santo, para que ele possa ser qualificado justamente para entender, estimar, considerar, desejar, e realizar o que é verdadeiramente bom. Quando ele é feito participante desta regeneração ou renovação, eu considero que, já que ele está liberto do pecado, ele é capaz de pensar, querer e fazer aquilo que é bom, mas ainda não sem a ajuda contínua da Graça Divina."(Obras de Armínio, Volume 1).

Agora é com você caro leitor...

Em Cristo,
Pr Ivair J. Lehm

11 novembro 2014

NÃO HÁ VAGAS ! POR FAVOR NÃO INSISTA !!

             Lucas relatou em seu evangelho, que José e Maria chegaram a Belém para o recadastramento do judeus e Maria estava já nos dias de dar a luz. Procuraram um quarto no hotel mas não haviam vagas. O jeito foi buscar refúgio num estábulo, num curral e ali ela deu a luz e nasceu Jesus, o Salvador.

             Não havia lugar para eles na estalagem, afirma Lucas. Jesus vindo ao mundo para o salvar, mas não havia lugar para Ele. O mundo seguia seu curso natural sem ter lugar para Jesus !!!
           Triste realidade essa. Hoje se o dono do hotel soubesse quem era aquele casal e quem estava nascendo, com certeza ele arrumaria um quarto e seu hotel seria referência no mundo todo, como o lugar que hospedou Jesus em sua primeira noite neste mundo. O dono do hotel não sabia, mas hoje nós sabemos !! Até criticamos o coitado do dono do hotel por não receber Jesus na sua primeira noite !!!

E nós, estamos fazendo diferente do dono do hotel ???

          As pessoas andam tão ocupadas com suas vidas que falta lugar em seus corações para Jesus. E dentro da igreja não está diferente ! Existem cristãos tão ocupados com outras coisas e tão cheios de outras coisas que falta lugar para Jesus. Veja como são concorridos os cultos que tem um cantor famoso e olhe para o culto de ensino da Palavra de Deus ! Veja como é concorrido o culto da Prosperidade e veja o culto de oração por exemplo ! Observe como as pessoas ficam em êxtase por causa do pregador renomado que vem na igreja, e perceba seu comportamento com os obreiros locais.

              Não irmão, NÃO HÁ VAGA para Jesus em muitas igrejas preocupadas apenas em aumentar a receita financeira  e concorrer com as outras denominações. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde o homem quer e pretende aparecer mais que o próprio Deus. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde a pregação mais parece uma animação e o culto um entretenimento de domingo a noite. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde o tempo é dividido para apresentar os "levitas" e a palavra de Deus, tem apenas alguns minutos escassos.
NÃO HÁ VAGA para Jesus onde as pessoas se esfregam, se acotovelam, mas não se veem, nem mantém comunhão umas com as outras. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde as pessoas disputam cargos e posições dentro da igreja para ver quem é o melhor. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde o propósito da igreja não é servir a Cristo, mas ser servida por Ele. NÃO HÁ VAGA para Jesus, onde a palavra serve como massagem para o ego das pessoas e onde se ensina auto - ajuda. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde a mensagem gira em torno de conquistas e promessas de bençãos não prometidas nem por Deus e nem pela Bíblia. NÃO HÁ VAGA para Jesus onde a preocupação primeira da igreja é se modernizar e não se santificar !!! NÃO HÁ VAGA para Jesus na igreja que toma partido político e negocia com o reino das trevas, facilidades para denominação, esquecendo-se da promessa que a igreja não será destruída pelas portas do inferno. NÃO HÁ VAGA para Jesus, onde a igreja procura eleger seus políticos, com a desculpa de ter no congresso, câmaras e assembléias seus representantes. 

            Enfim irmãos NÃO HÁ VAGA para o Evangelho de Jesus em muitos lugares e em muitas vidas. Por faltar vaga para Jesus em muitos lugares, vemos pessoas vazias, descompromissadas, depressivas, doentes, cativas pelas coisas desta terra e deste mundo.  Enquanto não houver vaga para Jesus em muitas vidas e igrejas, estes estarão lotados de coisas inúteis, enquanto o Rei está lá fora batendo na porta, desejando entrar.

Que Deus nos ajude, em Cristo
Pr Ivair J Lehm 

AFASTA-TE DE MIM OH SENHOR !!!


               Um dia Pedro estava pescando com seus amigos de profissão e trabalharam durante uma noite toda e não apanharam nada. Pela manhã, eles estavam desapontados, decepcionados e praticamente sem esperanças. 
             Na margem da praia, aparece um homem, e pede emprestado o barco de Pedro para servir de púlpito. Ele pede para que afastem o barco um pouco da terra e começa a ensinar o povo. Quando termina sua pregação, Jesus diz para que Pedro volte ao mar alto e lance as redes.

            Jesus já sabia que eles não haviam pescado nada. Jesus conhecia a frustração daqueles homens. Mas quando eles obedecem e voltam cansados ao mar, pegam tantos peixes que num só barco não cabiam. Diante daquele milagre, Pedro pede que Jesus se afaste dele, pois ele sabia quem era e diante de quem estava.

              É interessante notar que Pedro não se achou digno de ter a presença e companhia de Jesus consigo. Pedro reconheceu humildemente que era um pecador, diante de alguém Santo. Pedro, não se achou digno do milagre que recebeu naquela manhã. Pedro não se achou merecedor daquela atenção dada por Jesus. Pedro não se viu como alguém merecedor de alguma coisa. Pedro sabia quem era, como vivia, como era sua vida espiritual e pessoal. Pedro conhecia a sua condição. Pedro só não sabia seu futuro !!!

Algumas vezes existem pessoas se achando dignas e merecedoras de um favor de Deus. Graça é definido como sendo um favor imerecido de Deus ao homem.                       O conceito calvinista, o qual eu concordo, diz que a Graça de Deus é IRRESISTÍVEL !! Existem pessoas que se acham merecedoras e dignas que Deus lhes faça algo. São pessoas que se auto santificam, pessoas que se exaltam, que pensam que porque são membros de uma denominação, porque são "dizimistas", porque ofertam na igreja, são merecedoras e que em contra partida, Deus é, ou se vê obrigado a abençoá-las e conceder-lhes aquilo que desejam.

                Somente reconheceremos a soberania de Deus, quando olharmos para nossa miséria humana. Há alguns dias atrás, a professora de escola dominical de minha igreja, nos lembrou de Isaías quando diz: "Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades como um vento nos arrebatam."  (Isaías 64 : 6).

                   Pedro se viu tão miserável que pediu para que o Senhor se afastasse dele, mas ouviu de Jesus, "segue-me e de agora em diante, você vai pescar homens" (grifo meu). Quando reconhecemos nossa condição diante de Deus, somos exaltados pelo Senhor, mas quando nos achamos bons demais, somos deixados na nossa pequenês e insignificância.

                    Que olhemos para o Senhor, que peçamos sua presença e companhia, para que possamos reconhecer nossa estrutura e não para nos sentirmos aquilo que não somos e não almejarmos aquilo que não merecemos.

Em Cristo,
Pr Ivair J Lehm

09 novembro 2014

O MEU MAIOR INIMIGO !!


              Nossos tempos são os chamados pós-modernos. Vivemos hoje um tempo onde as pessoas em quase que sua maioria possuem acesso a informação instantânea. Hoje as pessoas possuem um conhecimento bem maior e mais apurado que há décadas atrás. Temos acesso mais facilitado a educação e a bens e produtos que não tínhamos nem idéia de um dia alcançarmos ou possuir. Na década de 80, uma tv em cores 20 polegadas era algo de poucos. Um vídeo game Atari era comprado a duras penas. HOJE  a maioria das casas tem uma tv em cores, tela plana de no mínimo 32 polegadas. Incrível, mas existem casas hoje em dia que possuem 2, 3 e até 4 computadores. A maioria das casas possuem internet wi-fi, as pessoas da casa ficam todas conectadas ao mesmo tempo.

               Vencemos muitas coisas ao longo dos anos; a pobreza extrema, a falta de educação superior, a falta de informação e hoje temos acesso a muitos bens que meu pai, nem imaginava, nem imaginou. 

              Mas confesso aqui que ainda tenho um inimigo a vencer. EU MESMO !! As vezes fico pensando que toda esta facilidade e acesso a tantas coisas boas do mundo, nos afastou de Deus e nos esfriou espiritualmente. Quando tínhamos mais desafios e obstáculos para conseguirmos algumas coisas, chorávamos mais na igreja, agradecíamos mais as pequenas coisas que recebíamos de Deus, nosso louvor era mais entusiasmado, mais fervoroso, era fantástico ter pessoas com lenços nas mãos, hoje, são os smartphones, tablets, e celulares de última geração ligados dentro da igreja, postando fotos e fatos em tempo real.

          Hoje já não precisamos mais vencer as necessidades materiais, hoje precisamos vencer  A NÓS MESMOS !!!

                 Ao invés de sermos mais gratos a Deus por tudo que Ele tem nos permitido ter, estamos mais ingratos que nunca. Ainda precisamos vencer nosso egoísmo, pois a rede social que aproxima quem está distante, AFASTA QUEM ESTÁ PRÓXIMO DE NÓS.

             É necessário vencermos a nossa vontade de acomodarmos diante do aparente sucesso que alcançamos e nos lembrar que nosso alvo principal são as moradas celestiais, onde estaremos para sempre com o Senhor.

                Que Deus desperte em nós (MIM) um desejo de voltar aquele amor primeiro que nos enchia de alegria e desejo de servir ao Senhor, mesmo quando não tínhamos nada, mas que na verdade, TÍNHAMOS TUDO !!!!


Pr Ivair J. Lehm

04 novembro 2014

AS INDULGÊNCIAS MODERNIZADAS

Deixei passar o dia 31, dia da reforma Protestante, para postar esta reflexão para não querer parecer o Martinho Lutero. 
Há tempos tenho em meu coração fazer uma postagem sobre as indulgências modernas, aquelas que se ensinam por aí. Pode ser que esta postagem seja mais uma em meio as milhares que defendem o Evangelho de Jesus dessa corja de vendilhões da modernidade, mas mesmo assim, vou escrever aqui o que penso e quem sabe, ajudar alguns a abrirem os olhos ou aumentar o número de desafetos.

Martinho Lutero  foi um monge agostiniano e professor de teologia. germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante. Levantou-se veementemente contra diversos dogmas do catolicismo romano,contestando sobretudo a doutrina de que o perdão de Deus poderia ser adquiridos pelo comércio das indulgências. Essa discordância inicial resultou na publicação de suas famosas 95 Teses em 1517, em um contexto de conflito aberto contra o vendedor de indulgências Johann Tetzel. Sua recusa em retratar-se de seus escritos, a pedido do Papa Leão X em 1520 e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521, resultou em sua excomunhão da Igreja Romana e em sua condenação como um fora-da-lei pelo imperador do Sacro Império Romano Germânico. Dentro deste breve resumo, quero aqui destacar apenas duas de suas 95 teses, mas poderia citar muitas outras, porém o espaço (e o desinteresse de muitos em ler) são muito pequenos. Vou aqui falar brevemente sobre algumas poucas teses de Lutero, que parecem muito contemporâneas, pois temos visto isso sendo pregado diariamente em nossas igrejas e não percebemos o engodo que vivemos. 

27ª Tese - Pregam futilidades humanas quantos alegam que no momento em que a moeda soa ao cair na caixa, a alma se vai do Purgatório. LUTERO rejeita a pregação do SEMEIE que você receberá uma benção ESPECIAL. Aqui no caso era a saída de um parente querido do purgatório, mas hoje em dia, os pregadores afirmam que dar dinheiro para seus projetos, ministérios, investir em sua visão...trará uma benção fora do comum para a pessoa.

28ª Tese - Certo é que no momento em que a moeda soa na caixa, vem o lucro e o amor ao dinheiro cresce e aumenta; a ajuda porém, ou a intercessão da Igreja tão só correspondem a vontade e ao agrado de Deus. LUTERO mostra algo que parece que muitos não enxergam até hoje. Esses pregadores modernos além de pregarem futilidades, são  AMANTES  INVETERADOS  do dinheiro.

52ª Tese - Comete-se injustiça contra a palavra de Deus quando, no mesmo sermão, se consagra tanto ou mais tempo a indulgência do que a pregação da Palavra de Deus. Será que isto foi escrito mesmo em 1517 , a quase 500 anos atrás ?? Hoje os pregadores e pastores não fazem outra coisa senão convencerem os fiéis a DAR, DOAR, INVESTIR, SEMEAR...os cultos são apresentações pessoais, músicas de auto ajuda, músicas, músicas, ofertas, ofertas, ofertas, músicas e depois a palavra.

53ª Tese - São inimigos de Cristo e do papa quantos por causa da prédica de indulgências proíbem a palavra de Deus nas demais igrejas. LUTERO via acontecer a mesma coisa que presenciamos hoje. Se você questionar a petição de dinheiro na igreja, você poderá ser excomungado, amaldiçoado, visto como um REBELDE e se fosse possível, seria conduzido a fogueira e mandado para o inferno.

62ª Tese - O VERDADEIRO  tesouro da igreja é o Santíssimo Evangelho da Glória e da Graça de Deus. PRECISA COMENTAR ??????

63ª Tese - Este tesouro porém, é muito desprezado e odiado, porquanto faz com que os primeiros sejam os últimos.

64ª Tese - Enquanto isso o tesouro das indulgências é sabiamente o mais apreciado, porquanto faz com que os últimos sejam os primeiros.

65ª Tese - Por essa razão os tesouros evangélicos outrora foram as redes com que se apanhavam os ricos e abastados

66ª Tese - Os tesouros das indulgências, porém, são as redes com que hoje se apanham as riquezas dos homens. 

Separei este grupo de 4 teses para dizer: você percebe que hoje, as igrejas devem produzir ?? Igreja que não dá lucro é fechada, ou o obreiro é trocado por alguém que faça aumentar o caixa da igreja e a sua arrecadação. Antes o evangelho buscava salvar os Ricos, hoje a pregação é apenas para massagear seus egos e conseguir movê-los a ponto de doarem dinheiro. Se as pessoas forem de um nível social e econômico mais elevado, não se fala em pecado, doutrina, santificação, oração, volta de Jesus, céu, inferno...se fala apenas em como aumentar a RIQUEZA e pregar ESTRATÉGIAS de como fazer fortuna. Comece a prestar atenção nas mensagens de auto ajuda que vemos e ouvimos diariamente.

82ª Tese - Eis um exemplo: Por que o papa não tira duma só vez todas as almas do purgatório, movido por santíssima caridade e em face da mais premente necessidade das almas, que seria justíssimo motivo para tanto, quando em troca de vil dinheiro para construção da catedral de S. Pedro, livra um sem número de almas, logo por motivo bastante insignificante ? LUTERO questiona: se o papa tem o poder de tirar almas do purgatório, porque não faz isso por amor e sim por dinheiro ??

Essa tese deixei para falar sobre o que mais me deixa triste nas igrejas. Vou dar apenas um exemplo de vários e vários que já vi na MINHA IGREJA. Certa vez, veio um pregador na minha igreja e após uma pregação empolgante, ele mandou que distribuíssem envelopes NOS VALORES DE $50 $100 e $200 reais. As pessoas deveriam escolher a quantidade que queriam SEMEAR e colocar 3 pedidos de oração. Ele estaria orando uma vez por semana no MONTE por todos aqueles pedidos e Deus daria uma benção FORA DO COMUM. 

Se Deus lhe deu esta estratégia para abençoar as pessoas, PORQUE ELE NÃO FAZ DE GRAÇA ?? Jesus disse aos discípulos seus: "Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai." (Mateus 10 : 8). Porque a pessoa tem que dar uma quantia ? Para pagar a oração ?
Comprar a benevolência de Deus ?

Se o pregador tem uma necessidade ele deve, biblicamente comunicar com os santos (Romanos 12:13) e a igreja ajudar a necessidade do pregador, pois digno é o obreiro do seu salário (1ª Tim 5:18). Penso que a igreja deve ajudar quem prega e ensina o Evangelho, isso é bíblico....mas a forma como isso tem sido feito é repugnante.
O pior que se você disser a verdade, muitos o terão como incrédulo, inclusive o pregador poderá te envergonhar diante da igreja, mas sejamos razoáveis: Lutero estava certo ou errado ?

Acho que em breve deve aparecer outro LUTERO por aí ou vários, fixando as 95 teses nas portas de muitas igrejas....que Deus nos ajude !!!!!!

Em Cristo,
Pr Ivair J. Lehm

SETE FATOS QUE INCOMODAM UM OBREIRO DE VERDADE


Em dias como os nossos, o que poderiam mais incomodar alguém vocacionado para o ministério? Bem muitos são os desafios a serem encontrados, mas existem sete que saltam aos olhos.

1.    Observar que as pessoas não amadurecem. Pastores verdadeiramente chamados não esperam que as pessoas sejam eternamente dependentes, antes pelo contrario almejam que elas cresçam e que depois de um tempo sejam capazes de enfrentar e resolver alguns conflitos mínimos nas suas vidas sem ter que viver dependentes de gurus ou pseudo-mestres da espiritualidade.

2.   Verificar que qualquer um ostenta o titulo de Pastor. É profundamente frustrante saber que em dias como os nossos qualquer um pode ser nomeado ou denominado como pastor, não importa se obteve alguma formação, se foi experimentado, tanto nas praticas ministeriais como na arena dos desafios éticos.

3.    Constatar que o ministério virou um negócio. É muito triste para Pastores vocacionados saberem que o espaço social onde atuam, atuam muitos como interesse puramente mercadológico. Provoca pavor em um Pastor verdadeiro saber que ele divide espaço na sociedade com pessoas que só tem um interesse, ganhar dinheiro.

4.  Descobrir que as ovelhas vivem encantadas pelos mercenários. Nada indigna mais um pastor do que ouvir uma ovelha manifestar sua admiração por alguém que prega o evangelho por dinheiro. É frustrante saber que via de regra, com algumas exceções alguns dos mais elogiados ministros dos nossos dias são conhecidos nos bastidores eclesiásticos pelas suas patifarias.

5.   Vislumbrar que manipulação vale mais que ensino. O dia mais triste na vida de um pastor é aquele em que ele descobre que não basta ele manusear bem uma Bíblia, precisa dominar as técnicas de manipulação de auditório.

6.    Deparar-se com o fato de que estruturas valem mais que cuidado. Desestimula demais quando um pastor de maneira inexorável se convence que os cuidados já foram de maneira sistemática negligenciados em favor da estrutura do templo ou da instituição

7.    Enxergar o que é patente ultimamente: carisma vale mais que caráter. Compromisso, ética, postura, fidelidade, dedicação, acessibilidade, nenhum desses elementos importam para uma comunidade que tem como preocupação ultima de seguir alguém que tenha carisma. Não importante o quão duvidoso é o seu caráter.

Então por que permanecer Pastor em um ambiente apocalíptico como este?

A justificativa para continuar nesta empreitada saiu da boca do Todo-Poderoso quando adverte os mercenários e promete constituir bons pastores. ELE diz:“…Levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e elas jamais temerão, nem se espantarão; nem uma delas faltará, diz o SENHOR….” Jeremias 23.1-4

Fonte: Paulo Saraiva via Pastor Guedes via Point Rhema

EM CRISTO,
Pr Ivair J. Lehm

PESSOAS QUE ME SEGUEM

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

NOTÍCIAS CRISTÃS

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM:

OUTRAS MENSAGENS INTERESSANTES