20 novembro 2012

"..OREIS POR MIM..."

Este é um pedido que faço hoje a você que tem me acompanhado neste blog. Algumas vezes em nossas vidas precisamos tomar decisões que nem sempre, ou quase nunca agrada a todos, pois só Deus conhece o pensamento e o coração de cada ser humano na face da terra. Muitas vezes discorri aqui neste blog e com algumas pessoas, sobre ser ou não ser; sobre ser uma pessoa inteira; entre outras.
Confesso que cheguei a um estagio onde não mais suportei ser aquilo que não era e tentar viver como não conseguia. O Evangelho é puro, verdadeiro e Nele, não há espaço para hipocrisias, falsidades e coisas assim. Decidi então tomar uma decisão que pode machucar a muitos e magoar a muitos outros e ferir outros corações. Sei que jamais serei entendido por ninguém, mas não poderia continuar como estava, sendo infeliz e fazendo outros infelizes. Penso que ninguém tem esse direito.
Jesus disse que não deveríamos julgar, para não sermos julgados, e eu, não quero me esconder atrás dessa palavra para justificar minha atitude, minha decisão, mas quero te pedir em nome de Jesus que os irmãos orem por mim, antes de me julgarem, antes de me condenarem....
Não tenho receio, nem vergonha, por assim dizer, pois sei que NINGUÉM vai me entender, nem me apoiar.
Vivi aquilo que não era, precisei de ajuda e não encontrei, me desesperei e não pude falar com ninguém sobre o drama que vivia sozinho, sobre os tormentos que minha alma enfrentava. Era como se fosse duas pessoas diferentes, uma na igreja e outra em casa e no trabalho.
Claro que nada justifica o meu ERRO, mas tantas foram as decepções no ministério  na igreja, com pessoas que tudo contribuiu para uma perda gradual da fé nas pessoas...sei que deveria olhar para Jesus, como diz em Hebreus 12:2, mas decidi fazer aquilo que deveria ser feito....
Que você possa orar por mim...apenas ore por mim, para que o Senhor tenha misericórdia de mim....eu creio num Deus que estará sempre com os braços abertos e pronto a me acolher...claro que não estou deixando de crer no Senhor e sua Palavra, mas minha atitude, eu sei é bem contrária a palavra de Deus..
Como o pai da parábola do filho prodigo de Lucas 15, estava na porta esperando pelo filho, eu creio que Ele estará sempre me esperando na porta...
Estarei sempre escrevendo aqui e contarei mais detalhes..no momento, peço a TODOS OS IRMÃOS, PERDOEM-ME,  que a igreja do Senhor Jesus possa me PERDOAR por minha falta...as pessoas que me amam, por favor preciso do amor de vocês, a Juzinha, mulher forte e espiritual, ME PERDOE..
A TODOS IRMÃOS...OREIS POR MIM

Em Cristo, 
Ivair J. Lehm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

NOTÍCIAS CRISTÃS

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM:

OUTRAS MENSAGENS INTERESSANTES