20 outubro 2012

CONFISSÕES DE UM PASTOR

          Falei dias atrás, sobre ser ou não ser aqui no meu blog. Já falei certa vez sobre frustrações de um pastor também aqui no meu blog. Vou falar um pouco mais sobre o "ser ou não ser"...
       Não quero ser um super pastor, super crente, super pregador, infalível  perfeito..quero ser apenas eu mesmo.
          Mas ser eu mesmo, me custa caro as vezes. Tenho que passar por aquilo que não sou. Tenho que sofrer e rir pra todo o mundo. Tenho que ter minhas frustrações  e me manter inabalável diante de tudo. Não posso reclamar pra ninguém, pois isso seria o meu fiasco ministerial, pois as pessoas pensam que todo pastor é uma coluna inquebrável, uma coluna que não se abala nem mesmo diante de um terremoto de magnitude 9 na escalar Richter. 
        Sou apenas um ser humano, apenas um homem que sente dores, temores, medos, que sou tentado, que tenho uma inclinação maior para as coisas da terra, que preciso vigiar o tempo inteiro para não sucumbir diante das provações a quais sou posto.
           É difícil olhar certas situações e não pensar ao contrario. É difícil não sentir a tentação de jogar tudo pro alto e sair a "francesa". É difícil não ficar frustrado na maioria do tempo com as pessoas e situações que vivo.
       Como eu gostaria de dormir e acordar no outro dia com meus problemas e dilemas todos resolvidos !
         È, é verdade, eu também penso assim, dormir e de manhã, tudo estar resolvido, mas não é isso que acontece, eu durmo acordo e lá está o mesmo problema, o mesmo gigante filisteu me desafiando pra mais um dia de batalha. O que fazer ? Fingir que é tudo de mentirinha e dar as costas, ou encarar a realidade e tentar derrubar o gigante com uma pedrada? 
           Não sou aquilo que as pessoas pensam que eu sou e estou dizendo serio mesmo !!! As pessoas esperam de mim uma perfeição que elas mesmas não possuem !! Cobram de mim uma fé que eu mesmo nunca vi em ninguém...sou obrigado a dormir com meus traumas, temores, decepções, frustrações e no dia seguinte ajudar um monte de gente, com palavras que eu mesmo necessito ouvir.
          Quero confessar uma coisa aqui: AS VEZES TENHO VONTADE DE SUMIR DO MAPA.
          Loucura ? Carnalidade? Falta de fé ou oração ? Não, apenas sentimentos de gente normal que um pastor também tem e que a maioria tem medo de falar, por ser algo que não vai passar fé aos membros da igreja...As vezes, preferiria nem mesmo acordar no dia seguinte, tamanho é as minhas dores.
          Você deve estar estarrecido com minhas confissões, mas é verdade, a pura verdade. Paulo escreveu mais ou menos assim em Romanos 7 e ninguém fica escandalizado com ele. Em 2ª Corintios 7:5 ele disse que tinha " por fora combates e por dentro temores" e  no capitulo 1:8 chegou "até perder a esperança da vida" certa ocasião. Paulo tinha lá suas frustrações também  mas as minhas não podem ser expostas nem aqui nem na igreja. E as minhas tentações ? Meu Deus !! Quantas vezes pensei em abandonar o ministério !

           Olha meu irmão, de uma coisa eu sei:  EU NÃO POSSO CONTINUAR SENDO A MESMA PESSOA, POIS NÃO POSSO SER AQUILO QUE NÃO SOU....
           E como fazia o apostolo Paulo, OREM POR MIM.....

Um abraço em Cristo, 
Pr Ivair J. Lehm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

NOTÍCIAS CRISTÃS

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM: