29 julho 2012

A APOSTALIZAÇÃO DA IGREJA BRASILEIRA

           Paulo escreve aos irmãos de Roma e no capitulo 3 e verso 10, ele diz algo que nos trás algumas reflexões. Paulo diz que: "Não há um justo, nem um sequer". Essa palavra soa muito atual em nossos dias. Enquanto se propaga e se prolifera o numero de "apóstolos", por esse país, Paulo, o apóstolo dos gentios, revela: Não há um justo, nem um sequer. 
         Não quero aqui pre-julgar ninguém, e nem é minha intenção, pois eu sou um dos maiores pecadores da terra, mas essa chamada "apostolização" da igreja evangélica moderna brasileira, parece se esquecer deste versículo. Os apóstolos modernos, não pregam o arrependimento, a conversão, a contrição do crente.  Pregam apenas a vida material, os bens terrenos, os favores que Deus pode conceder, as vitórias financeiras, as conquistas, a vida de luxo que o evangelho pode propiciar, enfim..os apóstolos modernos não pregam a transformação de vida.
Esses novos apóstolos não pregam sobre a necessidade de arrependimento do ser humano.

         Os novos apóstolos não denunciam o pecado como fazia João Savanarola, que enchia o catedral com ouvintes ansiosos por ouvir sua mensagem. No tempo de Savanarola, as pessoas chegaram a dizer que quando ele pregava, mais parecia um "profeta do Antigo Testamento, tamanho era a profundidade de sua mensagem"
        Hoje os apóstolos pregam a auto ajuda e as benesses que a palavra de Deus pode propiciar aos ouvintes. Veja as mensagens de hoje em muitos grandes ministérios, ouça as mensagens de alguns apóstolos e depois compare com a Bíblia, com as mensagens de Paulo, Pedro, João, procure conhecer também sobre os pais da igreja, como Policarpo, Papias, João Crisóstomo entre outros e você verá quão longe as mensagens atuais estão do evangelho de Cristo.
        Enquanto Paulo expunha as escrituras de forma contundente e apaixonada, os apóstolos modernos, expõe suas táticas, estratégias e suas receitas para que o povo seja abençoado financeiramente, deixando a alma, a disposição do inimigo. 

        Eu penso que essa apostolização da igreja brasileira, mais se parece com uma apostatalização (se é que existe essa palavra) da igreja, ou melhor, dos líderes da igreja. O título de pastor, anda tão fora de moda, que as igrejas parecem serem redutos dos apóstolos e centros de formação de quadrilhas dispostas a enganar as pessoas inocentes, fazendo delas comercio.

    AGORA  convenhamos irmãos, com tanta informação e tanta gente séria, preparada, com base na palavra de Deus, denunciando tudo isso e ainda as pessoas seguirem esses "apóstolos" é pura falta de inteligencia, pois jamais será FALTA DE INFORMAÇÃO.

Em Cristo
Pr Ivair Lehm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

EM DEFESA DA PALAVRA DE DEUS

NOTÍCIAS CRISTÃS

VOCÊ PODERÁ GOSTAR TAMBÉM: